Rodadas de negócios no CPN geraram mais de meio milhão em vendas no mês de setembro

0 Flares Filament.io -- 0 Flares ×

Atendimento CPN

 

O Centro de Promoção de Negócios (CPN) recebeu, no mês de setembro, três grandes redes de lojas. Somados, os pedidos resultaram no valor de R$ 524.128,08 em vendas e 139 empresas atendidas.

Novamente no CPN, a Taka Taka Calçados, com 17 lojas em São Paulo, atendeu aos fabricantes do polo logo no início do mês, nos dias 3 e 4.  Foram 13286 pares comprados de 17 empresas, resultando um valor de R$ 289.883,90.

Segundo o proprietário da Mini Boy, Edvaldo Gonçalves, a venda de uma grande quantidade de produtos e uma campanha fechada com a rede de lojas está animando a empresa e há uma estimativa de resultados ainda mais promissores.

“Tive um excelente resultado com o volume de pares vendidos. Além dos pares comercializados, fechamos uma parceria muito interessante para o dia das crianças em São Paulo. Estou muito satisfeito com o atendimento”, contou Gonçalves.

Na sequência, a Vital e Silva, do Rio Grande do Norte, esteve no CPN nos dias 9, 10 e 11. O proprietário das lojas, Francisco Canindé Vital da Silva, fechou 31 pedidos somando um montante de R$ 83.667,86. No total, foram 3261 pares comprados de todos os segmentos.

Animado com as compras realizadas, Francisco contou que pretende voltar e fazer novos pedidos ainda este ano. “É a segunda vez que venho em Nova Serrana, a primeira vez foi na feira de março e a segunda foi agora. Fizemos um trabalho muito bacana e as mercadorias que foram pedidas vai dar um bom retorno. A expectativa é grande de voltar mais vezes. Acredito que até o próximo mês volte para comprar o colegial”, adiantou o dono das lojas.

No dia 19, a Mania Calçados, de Brasília, atendeu aos fabricantes de tênis e sapatênis (feminino, masculino e infantil). R$ 150.576,32 foi somatório do volume comprado, sendo 5360 pares e 35 empresas atendidas nesta linha de calçados.

O diretor, Misanilson Batista da Silva, enfatizou a diversidade de produtos fabricados no Polo e também as inovações das novas coleções. “Temos em Nova Serrana opções de calçados para todos os gostos. Neste tempo de crise, as pessoas foram obrigadas a inovarem a sua coleção e, com isso, a qualidade dos calçados tem melhorado muito nos últimos anos”, atentou Silva.

“A negociação foi bem tranquila. Já eram clientes nossos e consegui vender uma quantidade bem bacana para eles novamente”, afirmou o vendedor da Zurick, Alfredo Oliveira. A empresa é fabricante de sapatênis casual.

Atendimento diferenciado

Criado há três anos, o Centro de Promoção de Negócios, realizou até o momento, 42 rodadas de negócios com rede de lojas de todo o país.  As seis salas de atendimento oferecem aos lojistas acesso aos produtos do polo calçadista de Nova Serrana em um ambiente projetado para beneficiar as negociações.

Atendido pelo Taka Taka e Vital, o gerente comercial da AZK, Robert Júnior Silva, enfatizou o espaço e o empenho do Sindinova por realizar as rodadas de negócios.

“Eu vejo que o CPN está procurando novos clientes, está indo atrás para fortalecer a economia de Nova Serrana, então eu só tenho motivos para elogiar. Estou gostando muito, o espaço de atendimento é diferenciado e o tratamento é excelente”, afirmou Silva.

“Sinto na obrigação de manifestar minha profunda satisfação pela qualidade dos serviços prestados pelo CPN. O atendimento do CPN é espetacular, não tem como negar”, ressaltou Gonçalves.

Francisco Vital também elogiou a estrutura e as variedades apresentadas. “Foi uma experiência diferente, mudou o meu jeito de comprar calçados por causa da variedade e do atendimento. É muito bom saber que estamos trabalhando com produtos que sabemos que não vamos encontrar na cidade daqui através dos representantes. Isso foi o que me agradou mais”, finalizou Vital.

Selma Assis
Assessora de Comunicação

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io -- 0 Flares ×