Sindinova realiza lançamento do Perfil Industrial de Nova Serrana 2017

0 Flares Filament.io -- 0 Flares ×

O Sindinova e o Sistema FIEMG, no âmbito do Programa de Competitividade Industrial Regional – PCIR, realizará no dia 12 de dezembro o lançamento do Perfil Industrial do Polo Calçadista de Nova Serrana 2017. Após sete anos, o estudo foi atualizado e tem por objetivo aprimorar o conhecimento sobre as potencialidades e desafios do polo, tendo como maior propósito apoiar o empresário do setor com informações estratégicas.

“De 2010 para cá, muita coisa mudou em nosso polo: ampliamos nosso mix de produtos, crescemos e nos tornamos mais competitivos. A edição de 2017 do Perfil Industrial nos indicará, com precisão estatística, quais foram essas mudanças e nos ajudará, ainda, a apresentar nossa cidade e região a possíveis investidores”, garante o presidente do Sindinova, Pedro Gomes da Silva.

O processo de elaboração do perfil industrial, que durou quatro meses, foi conduzido pela Gerência de Projetos para Indústria do Instituto Euvaldo Lodi – IEL/MG e contou com a consultoria da IN3 Inteligência para Negócios no mapeamento e desenvolvimento do estudo. Participaram empresas de quatro cidades: Nova Serrana, Perdigão, Araújos e Divinópolis.

“O perfil Industrial de nova serrana foi elaborado para entregar dados atualizados do setor e informações com relevância estratégica para os empresários do polo e todos aqueles ligados à cadeia produtiva e de fornecimento. Nova Serrana é um polo forte, o que se refletiu na elevada participação dos empresários nesta edição de 2017. Reforçamos o compromisso e parceria do Sistema FIEMG, por meio do Programa de Competitividade Industrial Regional – PCIR, em conduzir ações para a competitividade e que corroborem para novos negócios para o polo”, afirma o analista de projetos do IEL/MG, Ramon Amorim.

 

Resultados

Além dos números do APL, o Perfil Industrial também constata informações importantes, como a mudança do produto fabricado. “Acredito que o principal dado que trazemos no estudo é a confirmação da transformação dos tipos de produtos do APL, tendo calçados de moda/modinha alcançado o maior volume de produção. Comparando com dados dos outros polos calçadistas brasileiros, neste contexto de recessão econômica, isso faz com que o APL de Nova Serrana se consolide e amplie, relativamente, sua posição no mercado brasileiro”, explica Rafael Aquino, sócio-diretor da IN3 Inteligência para Negócios.

Aquino ainda ressalta algumas sugestões que o estudo traz para novos desafios ao polo, como o aumento nas iniciativas ao processo de exportação. “Os dados da SECEX/MDIC mostram que o polo tem aumentado significativamente suas exportações, mas em uma base de comparação ainda baixa. Os resultados mostram que o APL precisa se voltar para novos mercados, principalmente em outros países da América Latina. Assim, poderá crescer sem ficar limitado à demanda do mercado interno”, conclui.

 

Lançamento do Perfil Industrial do Polo Calçadista de Nova Serrana 2017
12 de dezembro, terça-feira, às 19 horas
Sindinova (Rua Antônio Martins, 75, Frei Paulo)
Entrada franca.

 

Antônio Azevedo
Assessoria de Comunicação | Sindinova
(37) 3228-8500 | comunicacao@sindinova.com.br

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io -- 0 Flares ×