Sindinova traz palestra sobre relacionamento abusivo

0 Flares Filament.io -- 0 Flares ×

Evento convoca mulheres à conscientização sobre abusos, violência doméstica e feminicídio

Jornalista Lílian Camargos e psicóloga Uerlânia Rodrigues decidiram levar Saúde Emocional para além das ondas do rádio

Jornalista Lílian Camargos e psicóloga Uerlânia Rodrigues decidiram levar Saúde Emocional para além das ondas do rádio

No dia 4 de abril, às 19h30, o espaço Sindinova receberá a palestrante e psicóloga Uerlânia Rodrigues para falar sobre os valores da mulher, relacionamento abusivo e as dicas de como sair dele com segurança. A palestra faz parte do projeto Saúde Emocional e busca conscientizar as mulheres para uma melhor qualidade de vida na área afetiva.

Números alarmantes

A violência doméstica atinge praticamente 1/3 da população feminina. No último ano 1,6 milhão de mulheres (três por minuto) sofreram tentativas de espancamentos ou estrangulamento. 16 milhões de mulheres brasileiras sofreram algum tipo de violência ao longo de 2018. “Tem a violência verbal, física, patrimonial, são várias violências, mas o que é mais recorrente e que as mulheres não percebem é que a violência começa com algo pequeno e vai evoluindo à medida que o homem precisa exercer controle, à medida que a mulher vai escapando da mão do homem ele vai aumentando a carga”, afirmou a delegada regional da 5ª Delegacia de Polícia Civil, Elenita Batista.

Espiral de violência

De acordo com o promotor de Justiça Alderico Carvalho, a violência doméstica é uma espiral. “Eu costumo dizer que a gente não tem um ciclo de violência doméstica, temos uma espiral, [porque] a violência começa com um relacionamento abusivo, só que daqui a pouco esse casal está bem novamente, mas essa violência toma uma nova forma, uma agressão verbal, uma agressão física e tende a aumentar e pode chegar ao máximo que é o feminicídio”, afirmou Alderico.

O feminicídio teve um aumento de 29% nos últimos três anos – de 335 para 433 casos em Minas Gerais. Em todo o ano passado, foram quase 1.400 casos no Estado, média de cinco vítimas mortas ou feridas diariamente. Segundo a Polícia Militar (PM), Somente em Nova Serrana, 2.157 mulheres sofreram violência entre 2016 e 2018. Destes casos, 15 terminaram em feminicídio.

Mulheres ajudando mulheres

O crescente cenário da violência contra a mulher motivou a psicóloga Uerlânia Rodrigues e a jornalista Lílian Camargos a contribuírem com suas profissões para que ela diminua. Por isso elas desenvolveram o projeto Saúde Emocional, com o intuito de conscientizar mulheres que vivem nesse cenário de sofrimento.

“A Uerlânia e eu temos o quadro Saúde Emocional no rádio, todas as semanas tratamos de um tema diferente, sempre ligado à psicologia ou ao coach, ajudando as pessoas a entenderem seus transtornos, buscando uma melhor qualidade de vida na área emocional. Ela então teve a ideia de produzir o Saúde Emocional em forma de palestras. Eu tenho [na família] uma história envolvendo feminicídio e sempre quis fazer algo por essas mulheres. Cansei de apenas dar a notícia e não poder fazer nada além de comentários no jornal”, contou a jornalista.

“A gente pensou em um grande evento para que o Saúde Emocional pudesse transcender o rádio e a gente pudesse trabalhar com palestras. O primeiro tema escolhido foi pensando na mulher. Vamos trabalhar conscientização para que essas mulheres saibam identificar um relacionamento abusivo no campo afetivo, no trabalho, nos relacionamentos sociais”, afirmou Uerlânia.

Saúde Emocional: Onde e quando

A primeira palestra do Saúde Emocional ocorrerá no Espaço Sindinova e será realizado pela entidade. “O Sindinova tem como missão trabalhar o desenvolvimento das indústrias de calçados de Nova Serrana, mas essas indústrias têm como missão distribuir renda e promover a paz social e nós percebemos que no município temos encontrado muitos casos de violência contra a mulher. O Sindinova tem como obrigação olhar por esse lado e dar esse apoio às mulheres”, explicou o presidente do Sindinova, Ronaldo Lacerda.

A Palestra que questiona: “Você está em um relacionamento abusivo?” com Uerlânia Rodrigues e apresentação de Lílian Camargos acontecerá no dia 4 de abril, a partir das 19h30, no Espaço Sindinova. Haverá, ainda, uma peça teatral sobre o assunto.

A entrada é 1Kg de alimento não perecível. As doações serão revertidas à Casa da Sopa.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io -- 0 Flares ×